Buscar
  • Força Máxima

Ansiedade: pressão na vida estudantil

As crises de ansiedade na adolescência estão cada vez mais freqüentes. Existe muita pressão, tanto dos pais quanto dos professores e também dos próprios alunos para conseguir a tão sonhada aprovação nos exames como ENEM e escolas militares.

Além disso, o excesso de informações acaba sobrecarregando a mente e dando uma sensação de nunca darmos conta de termos estudado ou lido tudo aquilo que nos é solicitado; sem contar que os jovens também precisam de um tempo livre para fazer o que gostam e se divertirem.


Os estudantes começam a se preparar para as provas logo no início do Ensino Médio e há uma exigência de ter a aprovação logo na primeira tentativa, mas isso nem sempre acontece e acaba causando muita frustração.


De acordo com a psicopedagoga Bianca Fernandes, o controle da ansiedade é um elemento essencial para o sucesso no desenvolvimento educacional e emocional de todos os alunos. Ainda é um grande “tabu” falar e tratar a ansiedade, por mais que atualmente ela esteja em todos os lares de forma assustadora. Precisamos dar a atenção necessária a esta situação, onde diversas pessoas pedem socorro, porém saber enxergar esse pedido é o grande desafio.


Lembramos que os alunos podem não passar logo na primeira vez, mas terão a oportunidade de se preparar melhor para uma nova chance. Talvez a segunda prova seja feita com mais embasamento, experiência e maturidade. Não estamos afirmando que os alunos não devam se esforçar para passar no primeiro exame, mas caso isso não aconteça, é importante ressaltar que não é o fim do mundo.


Estar calmo, ter uma boa alimentação, dormir bem e dar um descanso para a mente nos dias que antecedem às provas podem ser ótimas dicas para um bom desempenho nos exames. Ter um cronograma ou um planejamento de estudos também auxilia no processo de aprendizagem. Não podemos deixar matéria acumulada para tentar estudar tudo de uma vez, pois não vai funcionar. Quando o aluno estuda aos poucos durante todo o ano, além de ser menos cansativo, é mais produtivo.


O mais importante é se dedicar e nunca desistir, pois devemos traçar metas e objetivos e dar o máximo para alcançá-los. E quanto à ansiedade? Ela é um entrave que só vai prejudicar o desenvolvimento durante os estudos. Lembre-se que é você que comanda a sua mente. Preencha o tempo livre de forma bem agradável e não procrastine seus estudos.


Por: Marina Neves e Gabriel Ramos – turma 100 (Nova Iguaçu) Orientação: Prof.ª Elaine Gouvêa


50 visualizações

© 2018 by Colégio Força Máxima. Proudly created by semcasca