Buscar
  • Força Máxima

Genética e DNA

Analisando larvas que digerem cadáver, polícia no RJ acha DNA de criminosos.


Desenvolvida pela Polícia Civil do estado do Rio de Janeiro, uma tecnologia de investigação científica vem auxiliando a destrinchar dois assassinatos de crianças no Estado. Mas de que forma? Em estado de decomposição do cadáver, larvas que digerem restos mortais são analisadas e revelam, segundo pesquisadores,o DNA dos estupradores.

"Disseco as larvas, tiro o material do intestino delas e mando para a análise de DNA", contou a perita criminal Janyra Oliveira-Costa, da polícia científica fluminense. Tendo como orientadora, a policial e professora Janyra, a aplicação dessas técnicas de perícia genética, virou tese de doutorado. A mesma trabalha no IML (Instituto Médico Legal) do Rio e coordena investigações com uso da ciência e da tecnologia para elucidar assassinatos. A teoria foi aplicada na prática em dois casos de grande repercussão, e em ambos os casos, as larvas foram tiradas dos canais vaginais das meninas e forneceram um perfil genético dos agressores.

Mas qual é o interesse em saber sobre genética, perfil genético e DNA?!?

Esse assunto é de alta relevância, principalmente para os vestibulandos, pois "genética" se encaixa como uma das matérias que mais caem no ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio), quando tratamos da disciplina de biologia. É de suma importância também, que o conhecimento vá além do conteúdo dado em sala, integrando a evolução da tecnologia, do quão positivo possa ser para pesquisas, investigações e descobertas.

Veja a matéria completa em: https://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2019/04/08/analisando-larvas-que-digerem-cadaver-policia-no-rj-acha-dna-de-criminosos.htm


Por Profª Professora Amanda Creppe

Monitora de Biologia (Nova Iguaçu)



30 visualizações

© 2018 by Colégio Força Máxima. Proudly created by semcasca